Como já sabemos, um desfile não é feito só com roupas ou música ou iluminação ou etc. Uma história é contada. Antônio Marras não foi o primeiro a trazer a História como sua aliada na passarela, mas com certeza foi um que me fez sentir um tipo de “complexo da era dourada” ao ver sua coleção outono inverno 2013-2014. E não só. Antes disto, Signore Marras, com a curadoria de Paolo Bazzani, idealizou uma mostra, que também leva o nome do livro de Lea Vergine, qual seja: Un Altro Tempo: Tra Decadentismo e Modern Style. E foi no Museo d’Arte Moderna e Contemporanea di Trento e Rovereto que se pode entrar, através de uma porta adornada, em um outro tempo, mais precisamente na casa de Bloomsbury. Lá, o visitante pode imaginar um grupo de intelectuais, artistas, filósofos, escritores que se reuniam para discutir sobre literatura, estética, economia, feminismo, pacifismo, sexualidade em uma elegante área residencial desenvolvida nos séculos 17 e 18 com belíssimos e extensos jardins… Eles não só se reuniam, mas também viviam, trabalhavam e estudavam ali. A mostra ‘Um Outro Tempo’ se refere a este “Grupo” de Bloomsbury. E foi assim que, com perspectiva entre o Decadentismo e o estilo moderno, Antonio Marras “pintou” em sua coleção uma parcela da História usando mix dos tecidos drapeados, tweed masculino e áspero, riscas, misturas de tapeçaria jacquard em veludo devorê, sarja de seda, cetim de algodão, renda chantilly, cristais Swarovski, tricô com efeito dourado. Um convite a um outro tempo. É diferente assistir a um desfile sabendo da história por trás, não é?


As we already know, a fashion show is not just about clothes or music or lighting or etc. The clothes can tell a history. Antonio Marras was not the first to bring history to the catwalk, but certainly he was one who made ​​me feel a kind of “golden age complex” when I watched his autumn-winter 2013-2014 collection. And not only. Before that, signore Marras, curated by Paolo Bazzani, devised the exhibition, which also has the name of the Lea Vergine’s book: Un Altro Tempo: Tra Decadentism e Modern Style.And it was at the Museo d’Arte Moderna e Contemporanea di Trento e Rovereto that we could get into another time through a door adorned, more precisely in the Bloomsbury’s house. There, the visitor could imagine a group of intellectuals, artists, philosophers, writers who gathered to discuss about literature, aesthetics, economics, feminism, pacifism, sexuality into an elegant residential area developed in the 17th and 18th centuries with beautiful and extensive gardens… They also lived, worked and studied there. The exhibit ‘Another Time’ refers to the “Bloomsbury’s group”. And so, with the perspective between the decadentism and the modern style, Antonio Marras “painted” in his collection a part of the history by using mix of drapery fabrics, male and rough tweed, stripes, jacquard tapestry in devore velvet, twill silk, cotton satin, lace, Swarovski crystals, knit with golden effect. Well, an invitation to another time. It’s different watching a fashion show knowing the history behind it, isn’t it?


Photos taken from Paolo Bazzani Studio, Pinterest and google image.