Snare drum, surdo, tamborim, alfaia, agogô, shekere, triangle, zabumba, ganzá and, of course, pandeiro were able to caress our ears as well as the delicious laughter of a child who has just won a so wanted toy. The bandstand from the São Salvador square (in Laranjeiras – Rio de Janeiro) was the abode of the joy of the comrades who gathered to play intoxicating rhythms as jongo, Ijesha , baião, xote, samba de roda, maracatus from Pernambuco and Fortaleza, coco, embolada and samba. A diversity of brazilian rhythms sung by Guidi Vieira which attracted a diversity of races, colors, creeds, ages, nationalities. Being there meant to feel the vibration of the music reverberating in the skin until to cause chills. Being there meant to feel the sweat running down the body like a heat from a hug of a friends group. Ah yes, this was the feeling of being present in Rio Pandeiro, a block originated from the percussion course ministered in Maracatu Brazil and created by Tadeu Company. It began in August 2009 and in the last year they already chirped there on the other side of the ocean, more precisely, in Rome – Italy. This is Carnival, it’s the culture that goes beyond what we see. And to understand it doesn’t need much, just feel it, my friends. It always about that.


Caixas, surdos, tamborins, alfaias, agogô, xequere, triângulo, zabumbas, ganzás e, é claro, pandeiros foram capazes de acariciar nossos ouvidos assim como a risada gostosa de uma criança que acabou de ganhar o brinquedo que tanto pediu aos pais. O coreto da praça São Salvador (Laranjeiras – Rio de Janeiro) foi morada da alegria de camaradas que se reuniram pra tocar ritmos inebriantes como jongo, ijexá, baião, xote, samba de roda, maracatus de Fortaleza e Pernambuco, coco, embolada e samba. Uma diversidades de ritmos brasileiros (en)cantados por Guidi Vieira que atraiu uma diversidade de cores, crenças, idades, nacionalidades. Estar ali significou poder sentir aquela vibração da música reverberar na pele a ponto de causar calafrios. Estar ali foi sentir o suor escorrer pelo corpo como se fosse proveniente do calor de um abraço coletivo de amigos. Ah sim, esta foi a sensação de estar presente no Rio Pandeiro, um bloco originado do curso de percurssão que acontece na Maracatu Brasil e criado por Tadeu Company. Teve início em agosto de 2009 e no ano passado já gorjearam lá no outro lado do oceano, mais precisamente em Roma – Itália. Isto é carnaval, é a cultura que vai além do que vemos. E para compreendê-la não precisa de muito, basta sentir. Rio Pandeiro é mais… É de chegar e ficar!

Francesca, my italian teacher. The italian more brazilian that I’ve seen! (Photo taken by Marina D’Arrigo)

In the center, Tadey Company.

Loved it!

Rio Pandeiro + Batuque Bato

Woman playing? Yes, sir. And very well!

  • Obrigada pelas informações, Francesca!