bloglovin

[POR] Você olha ao redor. São tantas pessoas com olhares curiosos e um belo sorriso no rosto. São muitos ali com o mesmo propósito. O teu coração engrandece, mas você se sente pequeno. Já na primeira batida, a emoção é muito forte para ser contida. É uma grande invasão sonora nos teus ouvidos. Não tenha pressa, porque tudo começa no sapatinho. A-tug-tug-duh-A-tug-tug-duh. Os teus lábios são os primeiros que deixam transparecer o teu sentimento. Os olhos acompanham o movimento. Você sente que é a hora, é agora. O grito de guerra ecoa a distância. Vai! Tá-tá-tá. Balança uma perna. Ta-tá-tá. Deixa a outra perna seguir. Tá-tá. Contrabalança a cintura. Você não percebe quando começa, mas depois realiza que todo o seu corpo se harmoniza com o ritmo. Tá-tá-tá. Deixe as mãos sorrirem. Tá-tá-tá. Você está sambando! E tem um pouco mais de uma hora pela frente. Só isso! Esqueça a dor, porque você só sente a reverberação da bateria: tahhhhh… alcança a tua pele como uma onda. A evolução das cores, o sentimento de união, a comissão de frente que coreografa o tema, o carro abre-alas que abre o caminho para passarem os foliões fantasiados com o samba no pé e na língua, o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira que ergue a bandeira da escola com toda a dignidade e carisma, os carros alegóricos que inebriam com tanta beleza, as baianas que rodopiam como peões ritmados, a bateria que merece ser sentida assim como o batuque do nosso coração… Isso, sim, é samba de escola!


[ING] You look around. So many people with curious eyes and a beautiful smile. Many are there for the same purpose. Your heart enlarges, but you feel yourself small. In the first beat, the emotion is too strong to be contained. It is a major invasion sound in your ears. Do not rush, because everything starts very softly. A-tug-tug-duh-A-tug-tug-duh. Your lips are the first to reveal your feelings. The eyes follow the movement. You feel the time is now. The battle cry echoes in the distance. Go! Tat-tat-tat. Balance a leg. Tat-tat-tat. Leave the other leg forward. Tat-tat. Counterbalances the waist. You do not notice when it starts, but then realize that your whole body is in harmony with the rhythm. Tat-tat-tat. Let your hands smile. Tat-tat-tat. You’re dancing samba! And it’ll take has a little over an hour ahead. That’s it! Forget the pain, because you just feel the reverberation of the drums: tahhhhh… reaches your skin … like a wave. The evolution of the colors, the feeling of togetherness, the Commission of Front that choreographs the theme, the Car Opens The Wings which opens the way for passing the costumed revelers with samba in the foot and tongue, the first couple of mestre-sala (The master of the Room) and porta-bandeira who carries the flag of the school with dignity and charisma, the floats that inebriate with such beauty, the ‘Baianas’ that whirl as rhythmic pawns, the battery that should be felt as well as the beat of our hearts … Indeed, this is samba! Do you want feel like you are in the middle of the Bateria (a kind of orchestra of percussion instruments)? Put your headphones, increase the volume, close your eyes and feel it:

– Cri.

Anúncios