Em pedido de reparação de um seguro feito por um beneficiário, certa seguradora (a ré do processo) juntou um documento firmado por médico de sua confiança. Para sustentar infundada tese de doença pré-existente, o sábio médico afirmou que o marido da beneficiária teve “Morte súbita esperada”. hahahaha SE É SÚBITA, DIGAM COMO ELE PODE ESPERAR POR ELA? hahahah Perai, perai… acho que vou morrer de rir… perai… morri.

Por falar em morte, porque alguns insetos morrem com as pernas para cima? Como eles fazem para se virar? Eles percebem que vão morrer (talvez eles tenham o mesmo doutor de antes) e saltam para ficar pernas para cima? Por que? Por que? Ahh, estas questões sérias acerca do universo…. hahahahahaha


In a process about a insurance repair made ​​by an insurance beneficiary (a woman who lost her husband), the insurer (the defendant of the process) joined a document signed by a doctor of her trust. This “brilliant” doctor sustained unfounded thesis pre-existing disease by claiming that her husband had a “SUDDEN EXPECTED death.” hahahaha IF IT’S SUDDEN, TELL ME HOW CAN HE EXPECT? hahaha Wait, wait… I think I’ll die laughing… Wait… I died.

Speaking of death, why do some insects die with their legs up? How do they do that ? They realize they will die (maybe they have the same doctor of before) and jump to get upside up? Why? Why? Ahh, these serious questions about the universe…. hahahahaha

Flash no espelho não poderia faltar, não é? I coudn’t miss the flash in the mirror, right?

– Cri.