E o desfile continua…  Vamos lá:

MAXMARA – Cor? Formas Excepcionais? Não e não! Viva a qualidade dos tecidos para se estar bem vestida: couro, tartan, cashmere, alparca, mohair… O que mais gostei foi a releitura do kilt com fivelas aplicado nos vestidos e nas parkas, além das cinturas marcadas com os cintos. A propósito, vestiu uma parka? Agora combine com uma legging, uma calça cenoura! Gostei dessa proposta.

BLUGIRL – Me apaixonei pela maison no desfile da coleção anterior e continuo apaixonada! A menina com estilo boyfriend chic vem um pouco mais crescida. Romântica com os seus sapatinhos e meinhas, além das saias longuetes, mas ainda influenciada pelo campo masculino com os chapéus com caimento lateral. Cor… Várias combinações de cores! Até o casaco de pelos é colorido!!! BOA! Talvez os coletes e casacos de pelo ganhem diversas cores para a próxima estação fria! Atenção para as pontas dos colares compridissimos: são como franjas, são como as pontas das cordinhas de cortina! Acho que essa moda pega tanto para colares como para cintos feitos de corda! Ai ai… gosto muito da blugirl, não vou nem comentar os vestidos de festa!

FENDI – Casaco de pelos, pelos e mais pelos não domesticados que se misturam com vestes glamurosas. Vestimentas com transparência somente nas mangas. Grandes aplicações de babados nos decotes. Meias-calça de lã coloridas. Isso basta pra mim!

ERMANNO SCERVINO – Privilegia o tecido tweed ao mesmo tempo que desnuda a mulher com um transparentissimo lurex. Gostei das rendas, das capas, dos maxi cardigans (quero forte), gostei dos shorts e dos sapatos com cadarços (me lembrei dos meus mais novos oxford marrom com cadarço de salto alto e meia pata). Gostei, principalmente, da androgenia. Pode parecer loucura, mas senti um ar vampiresco, mas talvez seja pura impressão advinda da maquiagem!

HAUTE – Não consegui tirar os olhos dos sapatos, os oxfords… Amo! Haute veio com uma proposta baseada nos anos trinta, por vezes nos mafiosos da época! O desfile se perfaz com abotonaturas assimétricas, reclames a quimonos que sobrepõem blusas, casaco de couro laranja,  diferentes cortes de casacos, saias e blusas. Adorei os tons terrosos.

KRIZIA – Com toque futurístico e oriental, pode-se ver vestidos, calças e blusas que lembram quimonos super largos. Interessante os tecidos que nos fazem lembar de elementos como alumínio, água. Detalhes como os ombros pontiagudos, calças de couro, casacos de pelos com cortes diversos, polainas coloridas sobrepostas a calça entre outras coisas me atrairam neste desfile. Gostei! Viva o maxi!

D&G – É o abecedário de como ser jovem e descolada. Nos pés um belo par de sneaker acompanhados de meias. Seria esse um fator que limita o tipo de roupa que se pode combinar? Figurati! Bem vindos sejam os vestidos de noite esvoaçantes, os vestidos mas justos que delineiam o corpo, plus size blazeres, suéteres (atenção para os suéteres curtos e mais larguinhos), leggings… O céu é o limite! Mas que desfile colorido! Mas que desfile divertido com todas as mini saias de penas coloridas! Adoreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei… Um pouco repetido, mas adorei!

LUISA BECCARIA – Romanticismo e ultra feminilidade, mesmo com alfaitaria e turbantes de tecido. Os vestidos ganham volume com organza e tule, os cortes são simples enquanto os tecidos são ultra apurados, os sapatos possuem saltos grossos (perceberam esse retorno do salto grosso?). Adorei a proposta da cor ouro! Lindo desfile!

ALBINO – Uma coisa chamou a minha atenção: blazer com detalhe de pelo em todo o contorno. Interessante, mas não é moda para todas! Me apaixonei pela blusa com retalhos coloridos que foi combinada com um sapato na cor de um dos retalhos. As capas são lindas e a transparência foi bem manejada. Cores e pelos… em resumo.

PRADA – Maxi lantejoulas, pelos (mais pelos), sobretudos plus size com tecido que alude a pele de cobra, estranhos chapéus… ROUPAS COM FORMAS MARCANTES NUM DESFILE DE EXTASE DE FORMA E COR COMPLETAMENTE APURADOS! Se alguém falar mal da coleção, eu mordo! Rs

ANTEPRIMA – Mais uma vez, menos é mais! A casa mostra mulheres cujas vestimentas aderem ao classicismo extremo e rígido dos internatos , porém é uma mulher classuda… simplesmente classuda! Adoro as saias rodadas na altura do joelho!

 

E por hoje basta! Tenham uma excelente quinta-feira!

Beijinhos, °ღ•ѕσяяιη∂σ ѕємρяє°ღ.

bloglovin