Bom, é sempre bom combinar as cores, mas o que tenho aprendido é que não há necessidade de se ter tons próximos para ter uma combinação perfeita! Muito pelo contrário, já que as cores complementares não me deixam mentir! Sabe aqueles visuais que chamam a atenção por serem tão bonitos quanto diferentes, justamente por possuírem cores que você jamais pensaria em um único visual? Sabe aqueles outfits que você não consegue entender o que aquelas cores estão fazendo ali? A culpa pode ser das chamadas cores contrastantes ou complementares. Elas que, em certo sentido, são opostas umas as outras e, pelo lado científico, a junção de ambas resulta em um tom acinzentado ou marrom. Para identificá-las basta fazer uso de uma cartela de cores, na qual as cores que você vir diametralmente em lados opostos são as cores complementares. É, realmente os opostos se atraem!

Veja que para cada cor primária tem outra cor secundária (formada por duas cores primárias) como complementar. Já as cores terciárias (aquelas formadas por uma cor primária e outra secundária) sempre terão outras terciárias como complementar. A propósito, vocês devem estar sentindo falta de algumas cores como o rosa, por exemplo não é?! Então, o rosa é formado pelo vermelho e o magenta (cor secundária formada pelo vermelho e uma das variações do azul, mas que no sistema de cor pigmento é uma cor primária… não se concentrem nisto porque a cabeça pode dar um nó!) e a sua cor complementar é o ciano. Mas isso é tudo uma questão de mistura de cores, uma vez que entre o vermelho e o laranja se pode ter tantas outras cores, tudo dependerá da quantidade de vermelho e laranja. O mesmo podemos concluir para o amarelo e o verde, o verde e o azul e o azul e o vermelho! Neste caso, podemos ter tantas outras cores:

Com a ajuda de um régua, veja qual a cor complementar que corresponde a cor que você escolher!

Complicou? Vamos descomplicar! Basicamente, desconsiderando as variações, podemos resumir como sendo cores complementares:

  • vermelho e verde
  • azul e laranja
  • amarelo e violeta (ou roxo)

Agora uma curiosidade: numa concepção menos artística e mais científica, os sistemas de cores RGB (o sistema utilizado para aparelhos eletrônicos) e CMYK (empregado em impressas, impressoras e fotocopiadoras), possuem uma disposição diversa de cores complementares, como por exemplo: vermelho e ciano,  verde e magenta,  azul e amarelo! Mas isto deixemos para os webdesigners. O que importa para a concepção artística, incluindo o campo da moda, é a disposição mencionada acima.

Sabendo disto, como usar tais cores contrastantes? Deixo algumas dicas pessoais:

  • se usou uma saia/calça/short de uma cor e a blusa na outra, suavize nas cores dos acessórios, preferindo os tons neutros ou dourado e prateado;
  • se você for mais ousada e quiser um terceira cor no visual, opte por uma cor análoga a uma das cores complementares;
  • para uma maior discrição, use as cores complementares no acessórios: sapato, bolsa, colete, tiaras, braceletes, chapéus, broches, óculos, lenços, cintos, meias, tops por debaixo de uma blusa…
  • se não quer ressaltar muito as cores, cuidado com a predominância do preto no visual e colorido somente nos acessórios;
  • cores contrastantes e estampas? Sim, desde que o tecido estampado também tenha as cores contrastantes em sua estampa.

Para aquelas que gostam de cores, divirtam-se! Prometo que no próximo post tentarei postar um outfit sobre isto!

Beijinhos coloridos, tenham um ótimo sábado, °ღ•ѕσяяιη∂σ ѕємρяє°ღ.

bloglovin