É verdade, sempre torci o nariz para uma sandália do tipo anabela (para ser bem honesta, nunca gostei muito de qualquer tipo de tronco, vulgo, plataforma), até mesmo quando via alguns modelos interessantes, mas acho que estou mudando, TIMIDADAMENTE, de opinião… ai, isso é uma rebelião, ou melhor, isso é uma anabelião! E como não vou assumir a culpa por isso, responsabilizo Domenico e Stefano, vulgos Dolce & Gabbana. Isso porque penso que a coleção primavera verão 2011 deles mostrada no Milão Fashion Week pacificou a permanência das anabelas, principalmente aquelas feitas com material artesanal como palha, ráfia, juta, corda e assim vai. Tudo isto, aliado a um look romântico com rendas e florais, acaba por nos deixar mais do que prontas para esta estação. Pois bem, a minha nota blogal (porque a nota mental já era!) de continuar a procura da estampa perfeita permanece, porém quanto a sandália anabela… missão cumprida!

Como ainda não tenho muita prática, procurei pacificar, dentro do meu gosto pessoal, algumas coisas que andei lendo. Lá vem as dicas:

  • Prefira usar tal sandália em situações mais informais. Lembrando que se o salto é forrado de juta, algodão, palha, madeira, corda ou qualquer outro material do tipo, prefira usar em ocasiões matinais. Agora, as anabelas cujos saltos são de couro, acrílico, bordado ou de metal integram bem uma produção noturna.
  • Você tem liberdade de combinar com calças, saias e vestidos de todos os comprimentos. Se você usar uma calça com uma anabela que tem amarração no tornozelo, acho super legal amarrar por fora e por cima da calça.
  • Uma sandália anabela é um dos tipos de calçados que combinam muito bem com uma legging (junto com sapatinho tipo bailarina, sandálias e botas)
  • Dizem que a sandália do tipo anabela com, inclusive, salto na frente (a chamada plataforma) deixa as pernas mais grossas e, por isso, não seria indicado para as mais fofinhas. Por outro lado, também não seria indicado para as muito magrinhas com perninhas muito finas, uma vez que ela se destacaria muito no visual. Particularmente, acredito que basta saber dosar o tamanho do salto e da plataforma e usar o bom senso na hora de avaliar se aquela sandália briga ou não com a tua canela e as tuas pernas. Evite desproporções, evite até a plataforma, usando somente o salto anabela, se você for fofinha ou de canela bem fininha.

 

Blusa C&A, Saia Lojas Renner, Pingente Filippa Bijoux, Bolsa Elle Et Lui, Sandália Anabela (de algum lugar de Petrópolis)

 

AnaBeijinhos, °ღ•ミ★ѕσяяιη∂σ ѕємρяє★彡°ღ.

bloglovin